Sobre

A AGECEF/RS, assim como todas as outras AGECEFs filiadas à FENAG – Federação Nacional das Associações de Gestores da CAIXA, dentre suas tantas razões de existir, apresenta como marca registrada a representação de todos os gestores junto à alta administração da CAIXA, encaminhando pleitos, brigando pelos interesses dos gestores, preenchendo lacunas que não são supridas pelo Sindicato.

– exigir da Caixa a inclusão do CTVA como verba salarial para efeito de contribuição em todos os planos da Funcef, retroativamente à criação dessa rubrica;

– SIPON para todos;

– Não a PLR Linear;

– Isonomia de Direitos

– entre empregados pré e pós 98

– entre REG/REPLAN saldado e não saldado

– entre a função de gerente PF e PJ – assumindo o salário de gerente PJ;

– Verba de auxílio aos gerentes PJ para visitas e celular.

A criação das AGECEFs se fez extremamente necessária, uma vez que a empresa não vê os gestores como representantes da “alta administração” e era preciso que se fizesse uma “ponte”, um elo de ligação, entre as reivindicações não só dos gestores mas também de todos os empregados.

Entre as várias questões pleiteadas pelas AGECEFs encontra-se também a preocupação com a manutenção e o fortalecimento da própria empresa, que pode ser medida com maior ênfase pelo retrospecto nos pontos de venda.

As associações tem também um cunho social quando buscam alcançar benefícios aos seus associados através de convênios com vantagens financeiras na redução de custos.

No caso específico da AGECEF/RS hoje existe um implemento significativo no convênio com a operadora Claro, seja no tocante às melhores tarifas encontradas no mercado em ligações e serviços, como também na aquisição de aparelhos com valores diferenciados do varejo e, algumas vezes, com aparelhos celulares comodatados.