CAIXA inaugura primeira agência com placas fotovoltaicas

A alta incidência de radiação solar, baixo nível de consumo de energia elétrica e a falta de edifícios que pudessem fazer sombra em volta da agência bancária da Caixa Econômica Federal fizeram com que o município de Vazante, em Minas Gerais, fosse escolhido para abrigar o primeiro prédio comercial do país a ser 100% sustentável em geração de energia elétrica.

A Agência Vazante gera sua própria energia por meio de 276 painéis fotovoltaicos, o equivalente a 550m², instalados no telhado e que irão gerar até 80 kWp (quilowatt-pico) – 115 MWh/ano (mega-watt-hora por ano). A produção de energia da Agência durante o mês será equivalente ao consumo elétrico de 95 casas populares. Essa economia pode ser comparada com mais de 500 árvores sendo salvas por ano e a não emissão de 66 toneladas de CO₂ (dióxido de carbono). O sistema fotovoltaico da Agência foi inaugurado nesta quarta-feira (3).

De acordo com o gerente nacional de Infraestrutura e Patrimônio Próprio da CAIXA, Sergio Geraldo Linke, esse tipo de edificação é novidade no Brasil. “ É chamada de Zero Energy, em que (o empreendimento) gera mais energia do que consome. É a primeira agência bancária e o primeiro imóvel comercial desse porte. A Agência vai gerar sua própria energia e o excedente será levado para a rede pública de energia”, diz.

Construída em apenas 123 dias e inaugurada em 2012, a Agência possui uma área de 650 m² e o projeto contou com a parceria da Agência Alemã de Cooperação Internacional (GIZ). O pagamento do investimento, conhecido como payback, será em até oito anos. O sistema não necessita de manutenção e tem vida útil de 25 anos.

Para Sergio Linke, o cenário energético global desafiou a CAIXA a buscar soluções de geração de energia elétrica por outras fontes renováveis. “Com mais essa inovação, a CAIXA mostra que é referência em sustentabilidade com a geração de energia elétrica para consumo próprio. Tivemos em 2009 o primeiro imóvel do Brasil com etiquetagem de eficiência energética pelo Inmetro e agora inauguramos a primeira agência bancária autosuficiente em energia elétrica, com geração pela energia solar”, afirmou Linke.

As adaptações para geração de energia foram realizadas após a publicação da Resolução 482, de 2012, da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), que permitiu a microgeração descentralizada de energia por outras fontes. Com o equipamento de energia solar, a Agência Vazante irá economizar o montante de R$ 51 mil por ano.

O superintendente regional da CAIXA no Triângulo Mineiro, Clayton Rosa Carneiro, ressaltou o ineditismo do sistema. “É algo totalmente novo para a CAIXA, para o Brasil e talvez para o mundo. Esse projeto é totalmente inovador e irá abrir portas (para outros projetos)”, afirma.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email