Evento reuniu cerca de mil representantes de empresas públicas e privadas brasileiras do setor.
O prêmio foi instituído em 1997 pela Associação Brasileira de Engenharia Sanitária (Abes) como forma de reconhecer as empresas do setor em destaque pela boa gestão dos serviços de saneamento. O PNQS é atribuído anualmente, sempre no mês de novembro, em uma capital brasileira e é dividido em cinco categorias: Nível I – Bronze, Nível II – Prata ou ouro, Nível III – Platina e nível IV – Diamante.

Os ganhadores de 2014 são: Troféu Cobre:- CASAL – AL e SANESUL – MS; Troféu Bronze: CAGECE – CE, DAAE Araraquara – SP, ODEBRECHT Ambiental – BA, SANEPAR – PR, SABESP – SP e SANESUL – MS; Troféu Ouro: SANEPAR – PR, SABESP – SP – Unidade de Gerenciamento Regional Mooca e SABESP – SP – Unidade de Gerenciamento Regional Interlagos; Troféu Prata: CAGECE – CE, CESAN – ES, ODEBRECHT Ambiental – SP, SANESUL – MS, SANEPAR – PR e SABESP – SP; Troféu Platina: SABESP – SP; Troféu Diamante: COPASA – MG – Companhia de Saneamento de Minas Gerais.

Dois representantes da CAIXA participaram do evento como integrantes da comissão julgadora do Prêmio: Oswaldo Serrano de Oliveira, da Diretoria de Participações Existentes (DIPAR); e Carlos Andre Lins Rodriguez, da Gerência Nacional de Financiamento para Saneamento e Infraestrutura (GESAN). Durante a entrega dos prêmios, o diretor executivo Oswaldo Serrano ressaltou a importância da parceria da CAIXA em patrocinar o prêmio: “A CAIXA é parceira desde o início deste prêmio porque, como grande investidora no setor do saneamento, sempre procurou buscar a qualidade na prestação de serviço nesse setor”.

Para a presidente do PNQS, Cassilda Teixeira de Carvalho, os números das empresas que participam constantemente do PNQS melhoraram sensivelmente ao longo dos anos na medida em que vêm investindo na qualidade da prestação de serviços. “Em meados dos anos 90, havia uma discussão infidável se o saneamento deveria ser feito pela iniciativa pública ou privada, estados ou municípios. Com o propósito de mudar o foco e com a certeza de que tudo que a população brasileira quer é o melhor serviço com o menor custo, nós ousamos inovar com um projeto de gestão dentro de uma organização governamental sem recurso. Foi esse o sonho de 18 anos atrás”, explicou.

Fonte: CAIXA Notícias